Qual é o seu papel como empreendedora?

Somos mais de 49 milhões de empreendedores no Brasil segundo o Sebrae, sendo que 18% correspondem às mulheres. Em constante crescimento, o que o empreendedorismo feminino vem fazendo para quebrar barreiras?

Você já ouviu falar dos WEPs? Da parceria entre a ONU Mulheres e o Pacto Global das Nações Unidas, os Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs, sigla em inglês) elenca 07 iniciativas para que as mulheres tomem seu espaço de direito dentro das empresas. Qual(is) deste(s) ponto(s) a seguir você acredita que precisa aprimorar como empreendedora?

  1. liderança corporativa e comunitária                                                                            
  2. igualdade de oportunidade
  3. inclusão
  4. segurança
  5. saúde e educação
  6. práticas de desenvolvimento empresarial e de marketing que empoderem as mulheres
  7. a divulgação desses progressos para estimular empresas a alcançarem a equidade de gênero.

Baseado nestes princípios, o grupo +Mulheres360, criado em 2011, atua no movimento empresarial pelo desenvolvimento econômico da mulher em busca de equidade de gênero e empoderamento no Brasil. Iniciativas como esta mostram que mulheres superam obstáculos diariamente para reinar em grandes negócios. Dentre 149 países avaliados, o Brasil ocupa a 95ª posição na equidade de gênero, segundo o Fórum Econômico Mundial. Esse ranking considera mulheres em cargos de liderança e participação política.

Contudo, em passagem pelo país, o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama afirmou no Vtex Day, em maio, que equidade não significa todos terem o mesmo cargo, mas sim considerar as diferenças dentre os indivíduos para qualificar diferentes posições. As nuanças dentro das empresas abrangem a troca de ideias e experiências, o desenvolvimento de competências interpessoais, contribuindo para o posicionamento de resultados.

Equidade está em alta, diversidade também. A questão é: o que você, empreendedora, tem feito para conquistar o seu espaço dentro do seu nicho e contribuído para a troca efetiva de experiências com outras pessoas?

Compartilhe e Curta

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *