vendasonline

6 Tendências Para Vendas On Line em 2020

Vendas On Line Segundo dados da Fecomercio em 2019 o comercio eletrônico faturou R$ 20,7 bilhões e deve crescer 12% em 2020.

Podemos perceber que de um ano para o outro o crescimento das vendas on line vem tomando grandes proporções, o que nos faz concluir que cada vez mais o mercado será competitivo.

Sendo assim, se você possui um negócio on line ou está com um projeto para colocar em prática você deve estar constantemente atento às formas de manter a sua marca e produtos em destaque dos olhos do consumidor.

Uma das melhores maneiras de fazer isso é simplesmente ficar alerta e atualizado com as tendências do comércio eletrônico. Mas, tome muito cuidado para experimentar as recentes modinhas. Ou seja, quando se trata de experimentar tendências, é importante garantir que todas as alterações feitas sempre estejam melhorando as coisas para seus clientes.

Mas, vamos lá. Dito isto, atualmente existem algumas tendências significativas do e-commerce que todo empreendedor on-line deve conhecer (e considerar tirar proveito).

Vamos falar de seis dos maiores:

1.O Google está se tornando um Marketplace;

Caso não tenha sua empresa conhecida, a melhor maneira de trazer clientes em potencial é através da pesquisa orgânica e paga. Mas, para estar a frente de seus fortes concorrentes você deve otimizar o Google Shopping. Esta é uma ferramenta extremamente poderosa para ajudar no seu ranking na busca.

A integração da plataforma de vendas ao Google Shopping cria um Anúncio de Lista de Produtos que cobrirá de forma automática nas buscas no Guia de Compras quando um usuário pesquisar sobre o produto que corresponde a sua loja.

De fato, um estudo de caso recente descobriu que o Google Shopping ajuda a aumentar as conversões em mais de 17%.

2. As pessoas estão comprando mais nas Redes Sociais;

As Redes Sociais não é mais somente um canal de curtidas e compartilhamentos.

Atualmente muitas plataformas estão facilitando a venda direta de loja virtual diretamente no perfil com links incorporados o que facilita muito a compra por impulso por meio da publicidade on-line.

3. AR e VR estão cada vez mais comuns;

Um dos pontos negativos até o momento para empreendedores de lojas virtuais enfrentam é o fato de o cliente não poder ver o produto antes de compra-lo. Isso dificulta a venda principalmente de determinadas categorias como: roupas, móveis e outros acessórios que as pessoas desejam ver e experimentar antes de efetuar a compra.

A Realidade Virtual Aumentada (AR ou VR), ajuda a resolver este problema, pois permite que os clientes experimentem virtualmente seus produtos sem tocá-los.

A Amazon e a Ikea, por exemplo, usam tecnologia semelhante para que os compradores possam testar como as peças de mobiliário ficarão em suas próprias casas.

4. Produtos Personalizáveis são a grande aposta para Vendas On Line

A personalização passará para o próximo nível com produtos totalmente personalizados para o indivíduo. Muitas lojas online estão aproveitando o conteúdo interativo – como formulários e pesquisas – para criar produtos totalmente personalizados que atendem às necessidades ou preferências de cada indivíduo.

Um estudo de caso é uma tradicional loja de cama, mesa e banho, localizada em São Paulo no Brás chamada Casa da Sogra Enxovais, no qual seus clientes podem comprar qualquer toalha avulsa com um bordado personalizado, seja seu nome ou uma palavra.

Tendência Para Personalizar Produtos na Loja Virtual

5. Opções Flexíveis de Pagamento Para Grandes Compras

Se os produtos da sua loja tendem a ter um valor mais alto, pode ser difícil converter novos clientes simplesmente porque eles consideram essa compra mais um investimento arriscado. Uma tendência do comércio eletrônico que pode ajudar a combater isso é oferecer opções flexíveis de pagamento por meio de sistemas como Yapay.

6. Consumidores estão cada vez mais conscientes com Meio Ambiente o bem-estar dos animais

Atualmente, grande parte dos consumidores estão muito mais conscientes do impacto ambiental e desejam apoiar as empresas que estão fazendo o possível para reduzir ações que prejudiquem o meio ambiente.

Muitas empresas do comércio eletrônico estão fazendo o possível para reduzir o desperdício de remessas usando materiais reciclados ou biodegradáveis ​​- como empacotar produtos que com material que se dissolve na água.

Fonte: Reprice Express

Gostou desse artigo? Deixe seu comentário ou sua dúvida.

Compartilhe e Curta

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *